“Será que É de Éter?” mistura inclusão e arte em espetáculo da Companhia de Dança Lápis de Seda

24/01/2018 09:24

Repleta de diversidade, a Companhia de Dança Lápis de Seda retorna ao palco do Teatro Ademir Rosa, em Florianópolis, com o espetáculo “Será que É de Éter?“, que será apresentado nos dias 24 e 25 de janeiro (quarta e quinta-feira) às 21 horas. O projeto conta com a direção coreográfica de Ana Luiza Ciscato e a direção musical de Luiz Gustavo Zago, além de 17 artistas em palco que combinarão dança contemporânea, música ao vivo e uma homenagem ao cantor e compositor Chico Buarque, que terá várias de suas canções interpretadas na apresentação.

A Lápis de Seda é uma companhia de dança que trabalha com inclusão social, corpo e diferenças individuais. É composta por dez bailarinos, entre jovens e adultos, que possuem diversas capacidades e formações, sendo 60% deles pessoas com deficiência motora e/ou intelectual e 40% sem deficiência. A coordenação está sendo realizada pela diretora artística Ana Luiza Ciscato, que possui experiência na condução de grupos de dança mistos que incluem pessoas com algum tipo de deficiência motora e/ou intelectual e trabalha com dança em Associações de Pais e Amigos de Excepcionais (APAE).

 

Sobre o espetáculo: 

O quê: Será que É de Éter – Cia. Lápis de Seda – Claudia Passos e Convidados

Quando: 24 e 25 de janeiro, às 21h

Onde: Teatro Ademir Rosa, av. Gov. Irineu Bornhausen, 5.600, bairro Agronômica, Florianópolis, tel.: (48) 3664-2685

Quanto: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia)

Apoio: Governo do Estado de Santa Catarina/Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte/Fundação Catarinense de Cultura.

Sinopse: Será que É de Éter?

A partir do universo criativo de Chico Buarque, mestre na arte de enaltecer o homem comum, o espetáculo contrapõe a imagem de uma multidão de faces anônimas e individualidades perdidas. Na jornada da Lápis de Seda, a permanente busca das diferenças. Em vez da negação, a evidência; em vez da ocultação, a valorização. Ao invés das semelhanças, a descoberta de outros lugares de aceitação, a crença de formas singulares de convivência coletiva, o desejo de pertencimento e de encontro com o sem igual. Criação coreográfica colaborativa, a partir de movimentações trazidas pelos bailarinos, a partilha de vida e cotidiano carregados de inquietações e poesia, a revelação de como se enquadram anonimamente na multidão e se libertam das amarras por meio da dança. Com expressivos músicos e a interpretação de Cláudia Passos, a experiência quer a potência daquilo que está além de cada um, ou seja, uma possível expansão de novos significados.

 

Equipe técnica

Será que É de Éter? (1h)

Direção geral e coreografia: Ana Luiza Ciscato

Direção artístico musical e intérprete: Cláudia Passos

Direção musical e arranjos: Luiz Gustavo Zago

Coordenação geral: Arte Movimenta

Produção executiva:  Neiva Ortega

Bailarinos: Ana Flavia Piovezana, Aroldo Gaspar, Deivid Velho, Fabiana Marques, Gabriel Figueira, João Paulo Marques, Maura Marques, Paulo Soares, Ramon Noro, Roberta Oliveira e Silvia Gevaerd (bailarina estagiária)

Banda: Luiz Gustavo Zago (piano), Iva Giracca (violino), Felipe Arthur Moritz (sax, flauta), Dudu Pimentel (violão e guitarra), Leandro Fortes (violão e bandolim) e Alexandre Damaria (percussão)

Iluminação/cenotécnico: Hedra Rockenbach

Figurinista: Gabriela Bosco Dutra

Sonorização: Juarez Mendonça Jr.

Fotografia e vídeo: Cristiano Prim

Projeto gráfico e criação de máscaras: Ramon Noro

Assessoria de imprensa: Néri Pedroso

 

Realização: Arte Movimenta

Patrocínio: Ministério da Cultura e Cateno

 

Para saber mais, acesse o site da Lápis de Seda.

Vaga de estágio para a Coordenadoria de Acessibilidade Educacional (CAE/SAAD)

22/01/2018 08:14

A Coordenadoria de Acessibilidade Educacional está selecionando alunos para estágio através da bolsa PIBE para atuar com estudantes com deficiência. As vagas são para alunos dos cursos de Enfermagem, Fonoaudiologia (noturno), Pedagogia, Ciências Sociais, Psicologia e Antropologia.

Carga horária semanal: 20h

Remuneração: R$364,00 + Vale transporte R$132,00

Pré-requisitos: Estar a partir do segundo semestre.

Índice de Aproveitamento Acadêmico (IAA) igual ou maior que 6, não ter frequência insuficiente (FI) no semestre anterior.

Os currículos devem ser enviados até o dia 25/01 (quinta-feira) para o e-mail acessibilidade@contato.ufsc.br.

Para mais informações, visite a página Estágios UFSC.

Cronograma para validação da AUTODECLARAÇÃO DE PESSOA COM DEFICIÊNCIA – 1ª chamada do Vestibular UFSC 2018

10/01/2018 10:32

Conforme a PORTARIA Nº01/PROGRAD/SAAD/UFSC, DE 09 DE JANEIRO DE 2018, está disponível o cronograma para validação da autodeclaração de pessoa com deficiência que acontecerá no período presente no cronograma abaixo.

O candidato deve ficar atento a data, local e horário.

Caso o candidato tenha dúvidas, entrar em contato com a CAE pelo telefone (48) 3721-4648

 

 Cronograma para validação da AUTODECLARAÇÃO DE PESSOA COM DEFICIÊNCIA

PARA TODOS OS CURSOS

(candidatos da 1ª, 2ª e 3ª chamadas)

 Florianópolis e todos os Campi
Todos os candidatos classificados deverão entregar a documentação exigida no período de 5 a 8 de fevereiro de 2018 no Departamento de Administração Escolar (DAE), pessoalmente ou via correio eletrônico para pcd.dae@contato.ufsc.br.

Os candidatos dos Campi poderão entregar a documentação na Secretaria Acadêmica dos respectivos Campis.

Caso haja necessidade, o candidato poderá ser convocado para comparecer à Comissão de Validação da Autodeclaração de Pessoa com Deficiência na semana do dia 19 a 22 de fevereiro de 2018 no bloco B do Centro de Ciências da Saúde (CCS).

Atividades suspensas na CAE nesta terça-feira

04/12/2017 13:21

A Coordenadoria de Acessibilidade Educacional (CAE) comunica que suas atividades estarão suspensas no dia 05 de dezembro (terça-feira), de acordo com a decisão da categoria dos trabalhadores da UFSC na sua última assembleia. Após o período, os horários e dias de funcionamento voltam a funcionar normalmente.

A Coordenadoria de Acessibilidade Educacional funciona de segunda à sexta-feira, das 8h até às 19h.

Café com Dança promove evento sobre “Dança e deficiência – destravando indagações”

01/12/2017 13:45

O projeto de palestras e debates Café com Dança estará promovendo na próxima semana uma discussão sobre o tema “Dança e deficiência – destravando indagações”. O evento acontecerá no dia 4 de dezembro (segunda-feira), às 14h30, na Sala Pitangueira, no segundo piso do Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina, e contará com a presença das convidadas Carla Vendramin e Ana Luiza Ciscato.  

O debate trará questões que envolvem as temáticas dança e deficiência: dança inclusiva, dança integrada, dança com grupo de habilidades mistas, dança com pessoas especiais, com pessoas com deficiência. As convidadas para palestra são Carla Vendramin, professora no Curso de Licenciatura em Dança da ESEFID – UFRGS e coordenadora do projeto Diversos Corpos Dançantes nesta instituição e Ana Luiza Ciscato, pedagoga, professora de dança, coreógrafa e coordenadora da Cia. de Dança Lápis de Seda (Florianópolis /SC). 

O encontro conta com o apoio da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte), Centro de Desportos e Departamento de Artes/CCE e é coordenado por Vera Torres (DEF/CDS) e Débora Zamarioli (ART/CCE).

 

Atividades suspensas na CAE nos dias 27 e 28 de novembro

24/11/2017 17:29

A Coordenadoria de Acessibilidade Educacional (CAE) comunica que as suas atividades estarão suspensas nos dias 27 e 28 de novembro (segunda e terça-feira, respectivamente), de acordo com a decisão da categoria dos trabalhadores da UFSC na sua última assembleia. Após o período, os horários e dias de funcionamento voltam a funcionar normalmente.

A Coordenadoria de Acessibilidade Educacional funciona de segunda à sexta-feira, das 8h até às 19h.

Pesquisa sobre acessibilidade para pessoas com deficiência visual no RU

21/11/2017 16:30

O Departamento de Projetos de Arquitetura e Engenharia (DPAE) da Universidade Federal de Santa Catarina está promovendo uma pesquisa para o planejamento de instalação de piso podotátil dentro do Restaurante Universitário (RU). Respondendo o questionário, os alunos e servidores que possuem deficiência visual e utilizam o RU podem explicitar suas impressões acerca da locomoção no espaço, o que servirá de auxílio na elaboração de um projeto mais adequado às necessidades de quem frequenta o ambiente.

Pesquisa de Avaliação do RU deve ser respondida até o dia 30 de novembro e encaminhada para o e-mail da CAE/SAAD: acessibilidade@contato.ufsc.br

Sua participação é fundamental para o melhoramento do Restaurante Universitário. Colabore com a pesquisa!

  • Página 3 de 4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4